Mais Informações Clique

Cadastre-se e receba nossos boletins semanais sobre nosso trabalho.





NA MÍDIA

//2009-10-04
Nico e Lau é sucesso de público - bons tempos de Liu Arruda

24 Horas News


É hora de dar risada. Mesmo que os constantes escândalos na Câmara de Vereadores de Cuiabá não nos permitam, nós, cuiabanos e mato-grossenses, temos um bom motivo para rir. Outro dia estive visitando o município de Rosário Oeste, na abertura do 1º Festival de Rasqueado de Cuiabá, lançado em Rosário pela importância histórica daquela cidade na formação da nossa cultura musical. Dentre as atrações, músicos tradicionais com João Eloy, Gilmar Fonseca e até um dos compositores de “Pixé”, Moisés Martins, que segundo meu pai, Eduardo Ricci, já justificou sua vida na terra com os versos da música que retrata muito bem a Cuiabá de outros tempos. “É tempo bom que não volta mais, só na lembrança de quem foi menino e hoje é rapaz”.

No meio de tanta cultura, eis que surge no fundo do palco, Jota Astrevo e Lione Vitório, ou, melhor dizendo, Nico e Lau. Devidamente trajados, os dois personagens chegaram sem pompas, humildes, artistas levando a arte ao povo. Simples, acredito que os dois não imaginavam a recepção que teriam. Uma loucura. Quando as pessoas viram a dupla, não pensaram duas vezes. Máquina fotográfica na mão, papel e caneta. Fotos e autógrafos. Nico e Lau, Jota Astrevo e Lione Vitório, foram encurralados por fãs incondicionais, pareciam surpresos. Fotos e mais fotos. Crianças e adultos queriam conseguir levar de lembrança uma imagem com os artistas, um autógrafo.

Uma cena que me emocionou de verdade, e, sem dúvida, causou o mesmo sentimento nos artistas. Há tempos que não se via artistas genuinamente mato-grossenses serem assediados dessa forma. É o reconhecimento de um trabalho sério, que fala a língua do povo cuiabano, do povo de Mato Grosso. O linguajar, as histórias, os gestos corporais. O povo sorri, dá gargalhada, se identifica. O jeito gozador de ser do mato-grossense, de sempre colocar uma pitada de humor em tudo. Em síntese, esse é o trabalho da dupla. Uma sacada genial que os tem transformado em ídolos. Lembro-me de dois meninos imitando a dupla, brigavam para ser um, para ser o outro. Incrível. A celebração da cultura atingindo as crianças. Impressionante, tendo em vista a massificação de outras culturas em nossa terra.

Nico, Jota, Lau, Vitório, parabéns, são excelentes representantes dessa arte que é interpretar com humor, levar um pouco de alegria à vida das pessoas. O nosso cotidiano não tem deixado espaço, mas vocês tem feito isso com muito amor e merecem essa idolatria lá de Rosário. Vocês chamam atenção mesmo. Wilson Santos, Roosevelt Coelho, Mário Olímpio, fizeram questão de assistir o show, se esbaldaram, riram. Por alguns momentos, se esqueceram do dia-a-dia maçante e corrido de governar, dos problemas políticos. Culpa de vocês, dupla impagável.

Nico e Lau trazem de volta ao povo momentos de humor que não se via por aqui desde os tempos de Liu Arruda, Ivan Belém, Meire Pedroso, Chico Amorim, Mara Ferraz, Vital - que hoje interpreta a personagem Comadre Pitu - e muitos outros que por aqui passaram e ainda passam, como Romeu Lucialdo (irmão de Roberto Lucialdo), que faz Totó Bodega, muito bom também.

Impossível esquecer os personagens de Liu: Comadre Nhara, Juca, Gladstone e Ramona, bons tempos. Tempos em que a arte chegava ao povo de graça, em qualquer lugar. Tempos em que os palcos eram as ruas, as praças, em que o povo contracenava com os artistas. Peguei o finalzinho desse tempo, é certo que bem guri, menino, mas lembro de muita coisa, sem falar nas histórias que vão sendo contadas. Tempo bom que não volta mais, só na memória de quem foi menino e hoje é rapaz, lembra Moisés Martins. Mas tempo que pode e está sendo usado como inspiração para os nossos novos e velhos artistas. E viva a arte e o povo cuiabano.

Raoni Ricci é jornalista, cuiabano e apaixonado pela arte e história do seu povo

Contato: (65) 3627-1244 / (65) 9975.5513 / E-mail: nicoelau@nicoelau.com.br
Copyright @ 2009-2017  nicoelau.com.br - Todos os direitos reservados.
Desenvolvido por: